Autor vilhenense lança livro sobre etnia indígena contactada por Rondon em 1915

0
19

O escritor vilhenense Nadir Almeida lançou seu novo livro ‘‘Povo Cinta Larga’’ na biblioteca Monteiro Lobato. No evento estavam presentes alunos da escola Álvares de Azevedo, agentes culturais e interessados em geral que prestigiaram o evento e as histórias contadas pelo autor.

Ao longo de sua carreira, Nadir lançou vários livros sobre aspectos históricos e geográficos de Rondônia, além de textos sobre religião, filosofia e outros temas. Este é o sexto livro do autor, que vem depois dos livros: “Terceiro Igarapé”, “Cartinha Universal – Um sonho Realizado”, “O Príncipe Plebeu- Doce Recordação”, “Soldadinho de Ferro” e “Unificação  – História das Religiões”.

“Desde que nasci faço história. Nós seres humanos precisamos de informações para melhorar nosso conhecimento, isto é, pesquisa, leituras, visitas a museus, escolas. Assim que podemos adquirir conhecimento”, ressalta Nadir.

O LIVRO – O livro “Povo Cinta Larga” conta a cronologia dos indígenas da etnia cinta larga, começando com o primeiro contato com os brancos na expedição Marechal Rondon em 1915, no rio Aripuanã. O texto desenvolve através de detalhes da cultura, costumes, religião e história do povo nativo, fazendo considerações sobre seu estilo de vida até os dias atuais.

Semcom