Bombeiros de Vilhena iniciam campanha “Natal Solidário. Adote uma cartinha”

0
241

O 3º Grupamento de Bombeiros de Vilhena já está recebendo as cartas que todos os anos chegam na corporação com pedidos de presente a Papai Noel. A iniciativa faz parte da campanha “Natal Solidário” que há mais de 20 anos, crianças e adultos participam, enviando cartas para que a corporação ajude-os a realizarem o sonho de serem presenteados por Papai Noel.

O anuncio do recebimento das cartas foi dado pelo comandante da corporação em Vilhena, o capitão BM Merycles Guedes. “Estaremos recebendo as cartas até o dia 08 de dezembro. Depois dessa data, faremos uma seleção e entregaremos para os apoiadores e para aqueles que adotarem as cartas”, comentou o capitão.

Em 2016, segundo o capitão Guedes, mais de 1.200 crianças, e alguns adultos, enviaram cartas e foram presenteados por pessoas da comunidade. “Esse ano, acreditamos que vamos receber um número maior de caras, pois a demanda cresce a cada ano. Contamos com ajuda de apoiadores, colaboradores e voluntários, tanto por parte daqueles que adotam uma carta, como por parte daqueles que nos ajudam a distribuir os presentes e donativos. A solidariedade é uma das grandes características deste trabalho de caráter que é extremamente social”, salientou.

O capitão adiantou que a entrega das cartinhas deve acontecer entre os dias 15 até 25 de dezembro e reforçou afirmando que a campanha não tem nenhum tipo de participação dos governos estadual e municipal. “Trabalhamos com apoio apenas da população. Não recebemos ajuda nem do Estado e nem do Município. Mas, o importante é que já se passaram mais de 20 anos que a corporação promove este trabalho social. Enquanto as crianças pedem brinquedos, os adultos normalmente querem ganhar cestas básicas ou medicamentos”, acrescentou o comandante.

As pessoas da comunidade que adotarem umas das cartas podem entregar pessoalmente ao endereço da criança ou do adulto, ou ainda, quem preferir, pode deixar com os bombeiros que eles entregam, na companhia do Papai Noel, o presente com a carta grampeada para que não haja erro no endereço de quem enviou o pedido.

Redação

Fotos: BC Rossy Silva