Curso de Preparador Técnico de Futebol será ministrado em Vilhena

0
298

Nos dias 03 e 04 de abril, a cidade de Vilhena vai sediar um curso exclusivo que visa capacitar profissionais da área esportiva para se tornarem Preparador Técnico de Futebol.

A iniciativa é do governo de Rondônia, através da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), da vice-governadoria e do colaborador Francisco Evaldo, parceiro do clube Avaí Futebol Clube de Santa Catarina.

De acordo com informações do secretário de Esportes e Cultura (Semec), Natal Jacob, a prefeitura de Vilhena entra no projeto como parceira, através da Semec. “Estaremos dando todo o suporte necessário para o bom êxito do curso e a prefeita Rosani Donadon colocou à disposição o auditório do Paço Municipal para as aulas teóricas, assim como o estádio Portal da Amazônia, para as instruções práticas. Por ser um curso inédito em nossa região, a prefeita entende que é necessário darmos uma atenção especial e contribuirmos no que for necessário”, disse o secretário e reforçou que junto ao secretário adjunto, o professor Manoel Ayres, já iníciou o processo de inscrições que podem ser feitas no ginásio Jorge Teixeira.

Em relação às inscrições, os interessados pagarão uma taxa no valor R$ 10,00 e o dinheiro arrecadado será investido na confraternização entre os participantes no final do curso.

A realização do curso/oficina de capacitação é voltada para técnicos, acadêmicos e professores de escolinha de futebol.

Além de Vilhena, o curso será ministrado em Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Rolim de Moura, Ouro Preto, Jaru e Guajará-Mirim.

Segundo a programação, o curso/oficina terá como ministrante o técnico de futebol, professor Gabriel Henrique de Lucena Bussinger, e o preparador físico, Everton Luan Nascimento de Oliveira. Os dois profissionais virão do Avaí Futebol Clube, além de outros convidados. Haverá demonstração teórica e prática das metodologias aplicadas, abrangendo os seguintes temas:

  • Iniciação à partir dos 08 anos, tipos de trabalhos aplicados e demais ações para o desenvolvimento na faixa etária dos 08 aos 12 anos;
  • Trabalhos aplicados nas categorias de base, fundamentos, técnicas e táticas;
  • Como fazer a maturação dos atletas e a transição para alto rendimento;
  • Como dialogar com os pais dos futuros atletas para que os mesmos não criem expectativas excessivas que possam atrapalhar na formação dos atletas;
  • Violência, drogas e outros temas inerentes à proteção e formação do menor.

Assessoria/Semec

Foto: Ilustrativa