Genus e Atlético Acreano ficam no empate em 1 a 1

0
228
????????????????????????????????????

Genus e Atlético Acreano ficaram no empate em 1 a 1, no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho, pela terceira rodada do grupo A1 da Série D do Campeonato Brasileiro 2016.

Durante a primeira etapa, as duas equipes fizeram uma partida com muita pegada no meio de campo e sem muitas chances de gol. Em cobrança de penalidade, Alex abriu o placar para o Genus. Já no segundo tempo, o Atlético Acreano ganhou muito espaço em campo após a expulsão do meia Alex. Com isso, o Galo Carijó se jogou ao ataque e conseguiu marcar nos acréscimos com Eduardo.

Com o resultado, o Atlético Acreano segue na liderança da chave A1 com cinco

pontos. Já o Genus divide a vice-liderança com o Nacional, ambos com quatro pontos.

Na próxima rodada, as duas equipes voltam a se enfrentar no domingo, às 17 horas (horário do Acre), no estádio Florestão, em Rio Branco.

O Jogo – Jogando diante de sua torcida, o Genus entrou em campo pressionando o adversário e dando as cartas no jogo. Porém, aos poucos, o Atlético Acreano se organizou em campo e passou a chegar com perigo nas investidas de Josy, Polaco e Eduardo. Aos 27’, Polaco fez jogada individual e finalizou da entrada da área para fora.

Aos 30 minutos, Souza foi derrubado na área e o árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, Alex abriu o placar para o Genus.

Em vantagem no placar, o Genus passou a explorar os contra-ataques. Mas o Atlético Acreano seguia criando oportunidades. Aos 35’, Josy bateu no canto, mas o goleiro Tiago Rocha colocou para escanteio.

A resposta do Genus foi imediata. Aos 41’, após cruzamento, Vitão cabeceia e acerta a trave. Na volta, o goleiro Franco faz a defesa.

Para a segunda etapa, o Atlético Acreano volta a campo com uma postura mais ofensiva. E logo aos três minutos Tragodara encontra Josy dentro da área, que bate de biquinho, mas a bola vai para fora.

Aos 12’, Tcharlles finaliza cruzado, o goleiro Franco espalma para o meio da área e Souza não consegue chegar na bola.

Aos 19’, o Genus perde um jogador em campo. Alex divide com Alfredo e o jogador acreano leva a pior no lance. O árbitro mato-grossense dá o segundo cartão amarelo para o jogador do Aurigrená e o expulsa de jogo.

Com um a menos, o Genus recuou e o Atlético Acreano foi em busca do seu gol. Aos 26’, Eduardo recebe livre na área e acerta um belo chute, que pega no travessão. Cinco minutos depois, Tonho Cabañas acerta um lindo voleio e também acerta o travessão.

Nos minutos finais foi um verdadeiro bombardeio na zaga do Genus. Aos 43’, Joel bate da entrada da área e Tiago Rocha coloca para escanteio. Aos 44’, após cobrança de escanteio, a bola sobra para Diego, mas o goleiro Tiago Rocha sai nos pés e salva o Genus. E de tanto tentar, o Atlético Acreano conseguiu chegar ao seu gol. Eduardo recebe dentro da área e bate no canto do goleiro Tiago Rocha, deixando tudo igual no Aluízio Ferreira.

Após o gol, o técnico Álvaro Miguéis, do Atlético Acreano, e o goleiro Tiago Rocha, do Genus, se desentenderam, porém os ânimos foram esfriados rapidamente.
Ficha Técnica
Genus 1 x 1 Atlético Acreano
Local:
estádio Aluízio Ferreira (em Porto Velho);
Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT);
Assistentes:
Valdebranio da Silva (RO) e Davi da Silva Oliveira (RO); 4º árbitro: Jonathan Antero Silva (RO);
Gols:
Alex aos 31’ do 1º; Eduardo aos 48’ do 2º;
Cartões amarelos:
Fernandinho e Wellington (Genus); Alfredo, Eduardo e Tonho Cabañas (Atlético Acreano);
Expulsão: Alex (Genus);
Genus
Tiago Rocha; Jean, Vitão, Luiz Alves e Júlio César; Fernandinho; Alex e Luciano Mourão (Aldrey); Wellington (Dodô), Souza (Willian Bahia) e Tcharlles. Técnico: Guido Quêtto.
Atlético Acreano

Franco; Januário, Diego, Miller e Alfredo; Leandro (Joel), Tragodara (Careca), Eduardo e Josy; Polaco e Rafael Barros (Tonho Cabañas). Técnico: Álvaro Miguéis.
Futebol do Norte
Foto: Alexandre Almeida