“Magistratura no Trabalho” é tema de palestra para alunos de Projeto Social

0
56

A Associação de Moradores dos Setores Oito e Nove (Asmon), através do Projeto Social “Educação Solidária à Caminho da Universidade”, promoveu na noite desta quinta-feira, 04, uma palestra a juíza da Vara do Trabalho de Vilhena, do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, Fernanda Antunes Marques Junqueira.

A palestra, que teve como tema “A Magistratura no Trabalho”, reuniu no pátio da escola estadual Maria Arlete cerca de 120 pessoas entre alunos do Projeto Social, estudantes do ensino regular da escola, professores, diretores da instituição de ensino da associação. “O objetivo da palestra foi de levar até os nossos alunos o estímulo e interesse vocacional. Eles estão em fase de decisão para a escolha do futuro profissional que desejam trilhar, por isso a palestra vem dar esse suporte”, destacou José Moreira Lima, presidente da Asmon e coordenador geral do Projeto Social.

A juíza relatou sobre sua trajetória como estudante, ressaltando que veio de uma família humilde de Minas Gerais. “Não tínhamos muito recursos financeiros, mas a força de vontade e o desejo de vencer me ajudaram a enfrentar as dificuldades e a conquistar meus sonhos. Depois que me formei em Direito fiz especializações e concurso. Tive a alegria de passar em primeiro lugar no concurso do TRT de Rondônia. Para vencer é preciso perseverar”, comentou durante a palestra.

O encontro teve ainda a presença de convidados e homenagem. Participaram como convidados de honra a secretária de Assistência Social da Prefeitura de Vilhena, Patrícia da Glória, que esteve representando o prefeito Eduardo Tsuru, os membros do Núcleo de Mediação Comunitária do Ministério Público do Estado de Rondônia que foi instalado em 2013 na escola estadual Vilma Vieira, bairro Nova Esperança. O Projeto foi idealizado pelo Promotor de Justiça Paulo Fernando Lermen, que foi homenageado pela Asmon com o título de Cidadão Honorário da Comunidade. O título de reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à comunidade foi entregue ao promotor de Justiça pela aluna do Projeto Social, Maria Fernanda.

No final da palestra, a juíza Fernanda Junqueira convidou a coordenação geral do Projeto Social que levasse os alunos para conhecer o prédio da Delegacia do Trabalho e o funcionamento de suas atividades internas.

Assessoria

Fotos: Asmon