Ordem de Serviço da avenida Rondônia some da Semig e reaparece em outra secretaria

0
107

Documento foi assinado pela ex-prefeita Rosani Donadon e havia desaparecido da secretaria de Integração Governamental

Na manhã desta terça-feira, 08, seis vereadores, além do prefeito Adilson de Oliveira, estiveram na avenida Rondônia e verificaram que, até o momento, não houve o reinício das obras. A pavimentação asfáltica era para ter recomeçada 15 dias após a assinatura da Ordem de Serviço, sendo que ela foi assinada no dia 19 do último mês.

Ao questionarem a empresa que venceu a licitação, os representantes do grupo responderam que iriam iniciar após uma revisão de planilhas, o que elevaria para quase meio milhão de reais o custo da obra.

A empresa MC Engenharia informou que no processo não se encontrava a Ordem de Serviço assinada pela ex-prefeita Rosani Donadon, em seu lugar, constava um documento assinado pelo então secretário pasta da Integração Governamental (Semig), Jamaica.

Diante dos fatos, os servidores da Prefeitura passaram a procurar pelo documento, assinado por Rosani Donadon, sendo que este deveria estar junto com o processo, porém, em local algum da secretária, a qual ele pertencia, se encontrava a Ordem de Serviço.

Após a matéria divulgada em um site local sobre o caso, uma pessoa da secretaria de Obras apareceu com a Ordem de Serviço em mãos, porém, não explicou o que o documento fazia fora de seu local e nem o porquê de não ter informado a tempo sobre o caso.

Agora com o documento em mãos, o Executivo irá tratar com a empresa responsável para que cumpra o que foi acordado, já que nele consta a assinatura também de seu responsável legal, mediante isso, está o seu “aceito” para o que foi acordado.

Semcom