Prefeitura recebe material elétrico após Adilson de Oliveira acelerar processo de aquisição

0
85

A secretaria de Obras (Semosp) recebeu na manhã de segunda-feira, 04, parte de material elétrico para ser utilizado nos serviços de recuperação da iluminação publica da área urbana da cidade.

A Prefeitura adquiriu lâmpadas, fios de alta tensão, braço para as luminárias, reatores e outros materiais para a iluminação púbica da cidade.

O material foi recebido pelo prefeito Adilson de Oliveira, depois que determinou agilidade no processo que não havia sido liberado. “Após assumir a administração municipal procurei dar atenção especial para que todos os processos de aquisição de materiais fossem acelerados e isso daria mais agilidade aos serviços das secretarias, como foi o caso da secretaria de Obras”, destacou o prefeito.

Além do prefeito, o material foi recebido também pelo secretário Ronaldo Giotto e pelos vereadores, Samir Ali, Rafael Masiero, Wilson Tabalipa, Ronildo Macedo e França Silva. Uma equipe de técnicos da prefeitura fez a conferência do material.

Após inúmeras cobranças feitas pelo prefeito Adilson, o material chegou a Vilhena e imediatamente o prefeito determinou que já começassem os trabalhos na cidade, Adilson disse ainda que apesar do material comprado não supre 20% da real necessidade da população.

O prefeito esta aguardando um novo relatório da carência hoje em toda cidade, para que possa ser feito uma nova licitação e aquisição de mais materiais elétricos, isto em caráter de urgência.

Adilson disse ainda que a população possa ter certeza que o quanto mais rápido os problemas serão completamente sanados e que de inicio serão atendidos os pontos de mais precariedade, tais como próximo a pontos mais estratégicos da cidade.

Gostaríamos de estar atendendo toda a população desta única vez, mais infelizmente a compra feita pela administração passada não condiz com a realidade, mais acreditamos que com o apoio desta câmara de vereadores e em especial da população, tão logo Vilhena será transformada em a cidade modelo da região norte, começando pelo Portal da Amazônia.

Semcom