Semas esclarece situação do conjunto habitacional Maria Moura em Vilhena

0
397
As unidades habitacionais do residencial Maria Moura ainda não tem data definida para serem entregues pela prefeitura de Vilhena. A informação foi repassada à secretaria de Comunicação pela primeira dama e secretária de Assistência Social,Marinês de Oliveira.
De acordo com informações da secretária, ao contrário que do que foi comentado pela imprensa local, as casas ainda não estão prontas. “Houve muito desencontro de informações nessa semana referente a entrega das casas populares do residencial Maria Moura no bairro União. Falou-se até que se as residencias seriam entregues ainda no mandato do prefeito Adilson de Oliveira, mas ele terminará o mandato e a entrega será feita pelo prefeito eleito Eduardo Japonês”, destacou.
Todo o processo de cadastramento e sorteio das famílias beneficiárias foi feito ainda na administração do ex-prefeito Zé Rover e a atual gestora da Semas dará prosseguimento a todo o processo. “As famílias que foram sorteadas devem aguardar para que o projeto de construção das casas sejam concluídos com toda a estrutura necessária e de acordo com as determinações da Caixa Econômica Federal”, ressaltou a primeira dama.
Além das casas, o projeto incluí asfalto, instalação elétrica, hidráulica e, por fim, a fiscalização de engenheiros da Caixa.
A construção das casas estava parada porque a empresa, inicialmente contratada, não deu continuidade ao projeto. Uma outra empresa está executando a obra, mas não definiu uma data para concluir. “Essa trabalho final não depende da atual gestão do município, mas o prefeito Adilson de Oliveira está acelerando o processo para que nos próximos meses, finalmente, as unidades residenciais sejam entregues às famílias”, revelou Marinês de Oliveira.
Semcom