Waldir Kurtz, presidente do Vilhenense, emite nota sobre saída de técnico

0
235

 

A torcida do Vilhenense Esportivo Clube, time que lidera o campeonato Rondoniense de futebol profissional, foi pega de surpresa no início desta semana quando foi anunciada a saída do treinador Rafael Andrade.

Diante disso, a diretoria na pessoa do presidente Waldir Kurtz, decidiu emitir uma nota sobre o afastamento do treinador e assim, por um fim nos maus entendidos que circulam pela cidade.

A saída de Rafael se deu única e exclusivamente pela divergência de ideias entre as duas partes, treinador e presidência, o que de fato é relevante para o bom andamento do trabalho, que desde seu início, no final do ano de 2017, vem sendo transparente e coeso com todos os membros do clube.

Com ideias inovadoras no futebol de Rondônia e também com probabilidades de alavancar o patamar do Estado em se tratando de futebol, visto que o clube possui Centro de Treinamento, ônibus e possibilitou aos torcedores que vissem de forma gratuita a estreia em casa, o clube preza pela honestidade e transparência de cada um que apoia o projeto.

“Ele não é e não será o primeiro funcionário que é demitido do clube. Outras pessoas passaram por aqui e tiveram o mesmo destino que o Rafael. Nós somos uma engrenagem e todos trabalham de comum acordo. Quem não seguir os objetivos e filosofia do clube terá o mesmo destino. Queremos inovar a visão do futebol em Rondônia e esse é um processo árduo

mesmo. Nosso trabalho é sério e precisa ter harmonia”, disse o presidente.

O time volta a campo no próximo domingo, às 17h00, no Portal da Amazônia diante do Barcelona e será comandado pelo treinador interino Luiz Vidal.

Luh Coelho

Foto: Assessoria